V. I. LENINE - Obras Escolhidas

Produtos > Livros > Socialismo e Marxismo > - V. I. LENINE - Obras Escolhidas

V. I. LENINE - Obras Escolhidas
Autor: Lênin
Formato: Livro Impresso
Páginas: 772
Peso em Gramas: 750.00
Formato: 21.00x14.00x4.00

R$ 99,00

Twitter
FaceBook

Lênin - Pela primeira vez no Brasil a obra selecionada de Lênin, líder e teórico da revolução socialista russa de 1917. Tradução do Instituto de Marxismo-Leninismo de Moscou.
ÍNDICE

Prefácio.............................................................V
KARL MARX (Breve nota biográfica com uma exposição do marxismo).....................................1
Prefácio.............................................................. 3
A doutrina de Marx............................................7
O materialismo filosófico.....................................7
A dialéctica........................................................9
A concepção materialista da história....................10
A luta de classes.................................................12
A doutrina econômica de Marx...........................14
O valor...............................................................14
A mais-valia.......................................................15
O socialismo.......................................................22
A táctica da luta de classe do proletariado...........24

FRIEDRICH ENGELS......................................28

AS TRÊS FONTES E AS TRÊS PARTES CONSTRUTIVAS DO MARXISMO...............35

I.........................................................................36
II........................................................................37
III......................................................................38

MARXISMO E REVISIONISMO....................46

A QUE HERANÇA RENUNCIAMOS?...........47
I. Um dos representantes da «herança»...............48
II. Os acrescentos do populismo à «herança»......57
III. A «herança» ganhou alguma coisa associando-se ao populismo?..............................63
IV. Os «iluministas», os populistas e os «discípulos».................................................71
V. O Sr. Mikháilovski e a renúncia dos «discípulos», à herança.......................................73
761

QUE FAZER? Problemas cadentes do nosso movimento.................................................79
Prefácio............................................................... 81
Dogmatismo e «liberdade de crítica»....................84
a) Que significa «liberdade de critica»...................84
b) Os novos defensores da «liberdade de critica».87
c) A crítica na Rússia...........................................90
d) Engels sobre a importância da luta teórica........95
II. A espontaneidade das massas e a consciência da social-democracia...................99
a) Começo do Ascenso espontâneo.....................100
b) Culto da espontaneidade. O Rabótchaie Misl...
c) O «grupo de auto-emancipação» e a Rabótcheie Dielo............................................103
III. Política trade-unionista e política social-democrata...................................110
a) A agitação política e a sua restrição pelos economistas..................................117
b) De como Martinov aprofundou Plekhânov.......118
c) As denúncias políticas e a «educação da actividade revolucionária»..............125
d) Que há de comum entre o economismo e o terrorismo? ...................................................128
e) A classe operária como combatente de vanguarda pela democracia.............................132
f) Mais uma vez «caluniadores», mais uma vez «mistificadores»..............................135
IV. O trabalho artesanal dos economistas e a organização dos revolucionários.....................146
a) O que é o trabalho artesanal?...........................149
b) O trabalho artesanal e o econotnismo...............150
c) A organização dos operários e a organização dos revolucionários.....................152
d) Envergadura do trabalho de organização..........157
e) A organização de «conjurados» e a «democracia».................................................169
f) O trabalho à escala local e escala de toda a Rússia.....................................173
V. «Plano» de um jornal político para toda a Rússia...............................................180
a) Quem se ofendeu como artigo «Por onde Começar?»?.......................................187
b) Pode um jornal ser um organizador colectivo?.........................................188
c) De que tipo de organização precisamos?..........192
Conclusão...........................................................201
Suplemento. Tentativa para fundir o lskra com a Rabótchite Dielo............................206
Emenda a Que Fazer?.........................................209
UM PASSO EM FRENTE, DOIS PASSOS ATRÁS (A crise no nosso partido)......................214
Prefácio...............................................................215
a) A preparação do congresso.............................217
b) O significado dos agrupamentos no congresso.......................................................220
c) O início do congresso. — 221
O incidente com o Comitê de Organização...........224
d) Dissolução do grupo «Iujni Rabótchi»..............230
e) O incidente da igualdade de direitos das línguas...............................................232
f) O programa agrário..........................................238
g) Os estatutos do partido. Projecto do camarada Mártov................................................243

h) Discussão sobre o centralismo antes da cisão entre os iskristas...........................250
i) O parágrafo uni dos estatutos...........................252
j) Vítimas inocentes de uma falsa acusação de oportunismo........................................................269
l) Continuação dos debates sobre os estatutos. Composição do conselho.................................... 277
m) Conclusão dos debates sobre os estatutos...... 281
Cooptação para os centros. Saída dos delegados da Rabótcheie Diela............................................291
n) As eleições. O encerramento do congresso...........................................................311
o) Quadro geral da Luta no congresso. A ata revolucionária e a ata oportunista do partido........321
p) Depois do congresso. Dois métodos de luta.....................................................................335
q) Pequenas contrariedades não devem prejudicar um grande prazer................................343
r) O novo Iskra. Oportunismo nas questões de organização.........................................................365
s) Algumas palavras sobre a dialéctica. Duas revoluções..........................................................370
Anexo. O incidente do camarada Gússev com o camarada Deutsch...............................................377

O COMEÇO DA REVOLUÇÃO NA RÚSSIA.............................................................381

DUAS TACTICAS DA SOCIAL-DEMOCRACIA NA REVOLUÇÃO DEMOCRÁTICA..............................................383
Prólogo...............................................................386
1. Uma questão política urgente...........................388
2. Que nos dá a resolução do III Congresso do POSDR sobre o governo provisório
revolucionário?....................................................393
3. Que é a «vitória decisiva da revolução sobre o tsarismo»?...........................................................398
4. A liquidação do regime monárquico e a república.............................................................402
5. Como se deve impulsionar a revolução para frente?................................................................405
6. De que lado ameaça o proletariado o perigo de se ver com as mios atadas na Luta contra a
burguesia inconseqüente?....................................415
7. A táctica da «eliminação dos conservadores do governo.........................................................418
8. O osvobojdenismo e o neo-iskrisrno...............424
9. Que significa ser o partido da oposição extrema durante a revolução?..............................427
10. As «comunas revolucionárias» e a ditadura revolucionária democrática do, proletariado e do
campesinato........................................................434
11. Breve comparação entre algumas resoluções do III Congresso do POSDR e da
«conferência»......................................................438
12. Diminuirá a amplitude da revolução democrática se a burguesia se afastar dela?..........445
13. Conclusão. Ousaremos nós vencer?..............454
Posfácio. Mais uma vez o osvobojdenismo, mais uma vez o neo-iskrisrno.......................................454
I. Porque é que os realistas Liberal-burgueses elogiam os «realistas» sociais-democratas?..........459
II. Novo «aprofundamento» da questão pelo camarada Martinov.............................................465
III. A exposição burguesa vulgar da ditadura e o ponto de vista de Marx sobre ela.........................473
AS LIÇÕES st1:Sn>DA INSURREIÇÃO DE MOSCOVO......................................................479
NO CAMINHO.................................................479

A MEMÓRIA DE HERZEN..............................486

SOERE AVIOLAÇÃO DA UNIDADE ENCOBERTA COM GRITOS DE UNIDADE.........................................................492
I. Sobre o fraccionísmo....................................... 492
II. Sobre a cisão ................................................496
III. Sobre a desagregação do bloco de Agosto...........................................................499
IV. Conselhos de um conciliador ao «grupo de sete» ..................................................501
V. As concepções liquidacionistas de Trotski...........................................................504

SOBRE O DIREITO DAS NAÇÕES À AUTODETERMINAÇÃO.................................509

1. Que é autodeterminação das nações?..............511
2. Colocação histórica concreta da questão.........515
3. Particularidades concretas da questão nacional na Rússia e a transformação
democrático-burguesa desta................................518
4. O «pratícismo» na questão nacional.................521
5. A burguesia liberal e os oportunistas socialistas na questão nacional.............................525
6. A separação da Noruega da Suécia.................533
7. A decisão do Congresso Internacional de Londres de 1896 ...........................................537
8. O utópico, KarI Marx e a prática Rosa Luxemburg.................................................541
9. O programa de l903 e os seus liquidadores........................................................546
10. Conclusão.....................................................553

A GUERRA E A SOCIAL-DEMOCRACIA DA RÚSSIA......................................................557

ACERCA DO ORGULHO NACIONAL DOS GRÃO-RUSSOS...............................................565

SOBRE A PALAVRA DE ORDEM DOS ESTADOS UNIDOS DA EUROPA.................. 569


NOTA DA REDACÇÃO DO «SOTSIAL-DEMOKRAT» SOBRE O MANIFESTO DO CC DO POSDR ACERCA DA GUERRA.....................................................573

O IMPERIALISMO, FASE SUPERIOR DO CAPITALISMO (Ensaio popular)......................575
Prefácio..............................................................579
Prefácio às edições francesa e alemã...................581
I.........................................................................581
II........................................................................581
III....................................................................... 582
IV.......................................................................583
V........................................................................584
I. A concentração da produção e os monopólios.........................................................586
II. Os bancos e o seu novo papel........................597
III. O capital financeiro e a oligarquia financeira............................................................610
IV. A exportação de capital................................621
V. A partilha do mundo entre as associações de capitalistas..........................................................625
VI. A partilha do mundo entre as grandes potências............................................................632
VII. O imperialismo, fase particular do capitalismo..........................................................641
VIII. O parasitismo e a decomposição do capitalismo..........................................................649

IX. Critica do imperialismo..................................656
X. O lugar do imperialismo na história................. 667

SOBRE A TENDÊNCIA NASCENTE DO «ECONOMISMO IMPERIALJSTA»................672

O PROCRAMA MILITAR DA REVOLUÇÃO PROLETÁRIA...................................................679
I. .......................................................................679
II. ...................................................................... 681
III. .....................................................................683

Notas................................................................. 689

Índice de nomes..................................................737

Prazo de Entrega da Loja

2 dias úteis Somente após esse prazo o pedido será despachado para o correio.

Formas de Pagamento

Regras de Parcelamento

De R$ 0,00 até R$ 149,99 1 x

De R$ 150,00 até R$ 200,00 2 x

Acima de R$ 201,00 3 x

voltar